domingo, 29 de abril de 2007

Começo

Não sei se esse é o melhor momento pra eu iniciar um blog, mas qual seria esse momento então? Pensei em várias opções de nome, infelizmente estavam indisponíveis, então acabei chegando em "depois do verbo". Não me pergunte "como assim 'depois do verbo'?", pois eu não sei explicar. Agora chegou a minha vez de fazer as coisas sem saber explicar as razões. Então é o seguinte: "depois do verbo" significará seja lá o que você concluir após refletir sobre o assunto, ou então fique com sua primeira impressão mesmo. Não me importo de verdade com isso, sabe? Do fundo do coração. Aliás, me dá a esperança de que ao menos esta questão venha a ter resposta, ou várias (e todas verdadeiras).

Novo blog, novo começo, nova tentativa talvez. Você poderia visitar este blog outras vezes no futuro? Obrigado. Tentarei dizer quase tudo que tenho a dizer antes de enlouquecer por completo, coisa que espero estar longe de acontecer...

Certo?

3 comentários:

Anônimo disse...

Considerando que "do verbo tudo se fez" entendo e não consigo imaginar um começo mais apropriado, bonito e sensível!!! É impressionante como você faz sentido! Parabéns pelo blog, você escreve muito bem!!!

Marcos AM Ramos disse...

Muitíssimo obrigado pelas palavras de incentivo, mas... "anônimo" não, por favor... identifique-se de uma próxima vez, assim saberei a quem ser grato e como retornar a gentileza.
De qualquer forma, sua visita e seu comentário estão registrados aqui, com muito apreço.

giselle disse...

Nada de anonimato, Marquinhos, muito pelo contrário, sou eu mesmo, Gi, pedindo, POR FAVOR, não enlouqueça... a sua sanidade faz muita diferença no mundo ainda. E eu tenho visto muitos amigos andando pelos caminhos da loucura, por favor não seja mais um deles, se não vou achar que o problema sou eu... :-) [Se pareceu egoísta, não foi a intenção, a preocupaçao é com vc...)

Muitos beijos!